Câncer e o exercício físico: da prevenção ao tratamento

  • Andressa Loureiro Gomes de Andrade Faculdade de Americana
  • Solange Donizeti Rosan Faculdade de Americana

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo analisar os efeitos do exercício físico para prevenção e acompanhamento de pacientes oncológicos. Partimos da hipótese que câncer é uma doença que tende a crescer nos diagnósticos médicos, cada vez mais, isso porque os fatores externos (estilo de vida, alimentação, stress, entre outros) são considerados como os maiores responsáveis pelo desenvolvimento da doença, desmistificando a ideologia que tende a classificar a doença unicamente como genética. A partir das considerações iniciais, esta pesquisa teve como problemática desvelar de que forma o exercício físico pode contribuir para a prevenção e acompanhamento de pacientes oncológicos. Este trabalho se justifica pela a importância da conscientização da população sobre a doença em si, considerando que esta tende cada vez mais aumentar se levarmos em consideração o ritmo “frenético” da sociedade no qual vivemos, o que pode contribuir com a adoção de condutas “não saudáveis” aumentando os fatores de risco para a doença. Assim o exercício físico aparece como um dos vários aspectos que podem contribuir na prevenção e acompanhamento. A metodologia adotada para desenvolver o trabalho foi a pesquisa bibliográfica. Esperamos que este trabalho possa contribuir com o estudo científico nesta área, com o intuito de minimizar as taxas de desenvolvimento do câncer na população em geral.

Publicado
2019-07-27