Determinação individualizada da capacidade aeróbia em indivíduos com sobrepeso e obesidade por meio do protocolo de duplos esforços nãoexaustivo

  • Thaís Cristina Moraes da Silva Faculdade de Americana

Resumo

O objetivo deste estudo foi verificar a aplicabilidade de protocolo de duplos esforços não exaustivo (DENE) adaptado em ciclismo e a quantidade de esforços necessários para a determinação da intensidade de limiar anaeróbio (iLAn) em população com sobrepeso e obesidade. Métodos: seis indivíduos (Idade=29±8,0 anos; Massa corporal=96,4±0,10kg; Massa magra=76,8±15,9kg; Massa gorda=19,3±7,4kg; %Gordura=19,7±4,6; IMC=29,1±1,8kg/m²) do gênero masculino foram avaliados. O DENE foi composto por quatro sessões avaliativas com diferentes cargas preditivas, sendo realizados dois esforços em cada carga preditiva com duração de 180 segundos separados por 90 segundos de recuperação passiva, sendo mensuradas a concentração lactacidêmica ([Lac]) e frequência cardíaca (FC). Além da determinação por FC e [Lac], diferentes combinações de esforços foram consideradas para análise da iLAn pelo DENE, sendo a combinação dos quatro esforços referida para efeito de comparação. Resultados: o ANOVA two-way não apontou significante efeito das variáveis independentes sobre a variável dependente (Combinação de Esforços–p=0,615; Variável Fisiológica–p=0,730; Interação–p=0,941). A combinação de cargas de 75W, 100W e 125W pela [Lac], foi a única que, além de correlação significativa, também apresentou elevada concordância. Conclusão: concluímos que o DENE pode ser uma ferramenta válida para determinação da iLAn em indivíduos obesos ou com sobrepeso em exercício de ciclismo, independente se essa foi mensurada pela [Lac] ou FC. Porém, não é recomendado que quaisquer combinações de esforços sejam adotadas para aquisição da mesma medida frente a redução do número de cargas preditivas, uma vez que nem todas apresentaram correlação significante e concordância com a combinação padrão.

Publicado
2019-07-27