Os efeitos dos probióticos nas infecções recorrentes por Clostridium difficile

Loraine Maria Gonçalves Novo, Vanessa Moraes de Macedo Tosta, Roselene Canato Felipe Oliveira, Patricia Ucelli Simioni

Resumo


Os casos de infecções causadas pelo Clostridium difficile apresentam elevada incidência, devido ao uso abusivo e indiscriminado de antibióticos. A infecção por esse microrganismo pode levar a complicações como a colite pseudomembranosa, mega cólon, diarreias recorrentes, entre outras. Os antibióticos, de amplo espectro, de uso prolongado, normalmente levam a alterações no trato gastrointestinal, reduzindo a microbiota intestinal e favorecendo a colonização do tecido pelo C. difficile. Nesse contexto, o tratamento com probióticos está em estudo clínico, uma vez que essa terapia busca restaurar o equilíbrio microbiano do trato gastrointestinal. As principais decorrências observadas com o tratamento com probióticos envolvem a melhora na função nutricional, digestória, cardiovascular, metabólica e imunomoduladora. Esses podem agir estimulando a microbiota reduzida pelo uso de antibióticos, evitando a produção das toxinas e o aparecimento de doenças.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.