Avaliação das propriedades tecnológicas de granulados de amido e lactose e para produção de comprimidos por compressão direta

  • Iara Lucia Tescarollo Dias Universidade São Francisco Faculdade de Americana
  • Hélida Brisanti de Souza Universidade São Francisco
  • Jessica Daiane Barbosa Pinto Universidade São Francisco
  • Silvia Elisa Acedo Menin Universidade São Francisco
  • Márcio Cardoso Pinto Universidade São Francisco

Resumo

A produção de comprimidos através da compressão direta oferece vantagens como simplicidade, economia, redução nas etapas de fabricação e aumento da estabilidade do produto. O desenvolvimento de excipientes multifuncionais tem impulsionado esta área já que a obtenção de comprimidos por compressão direta requer o uso de pós compressíveis ou material previamente granulado.  O objeto deste estudo consistiu-se em produzir um granulado padrão usando misturas entre amido e lactose com o intuito de melhorar as propriedades tecnológicas e fisico-mecânicas do amido. Foram produzidos dois lotes distintos de granulado de amido e lactose usando como aglutinantte a pasta de amido e polivinilpirrolidona PVP K30. Os granulados obtidos foram avaliados quanto aos seguintes parâmetros tecnológicos: densidade aparente, densidade compactada, Proporção de Hausner, Índice de Carr, ângulo de repouso, fluidez e umidade residual. Os comprimidos obtidos com as amostras propostas mantiveram dentro dos parâmetros especificados. Foi possível concluir que as propriedades tecnológicas do amido granulado variam em relação ao tipo de processamento pelos quais foram obtidos

Biografia do Autor

Iara Lucia Tescarollo Dias, Universidade São Francisco Faculdade de Americana
Curso de Farmácia
Hélida Brisanti de Souza, Universidade São Francisco
Curso de Farmácia
Jessica Daiane Barbosa Pinto, Universidade São Francisco
Curso de Farmácia
Silvia Elisa Acedo Menin, Universidade São Francisco
Curso de Farmácia
Márcio Cardoso Pinto, Universidade São Francisco
Curso de Farmácia
Publicado
2018-08-09
Seção
Artigos